Browse By

Category Archives: Opinião

BURKAMP, Dieter (Hrsg.). Zehn "Neue" für Europa - The Ten "New" Europeans. Bielefeld: Kerber, 2004. 119 S. ISBN 3-936646-87-2.

Por uma senhora União Europeia mais produzida

Ainda é possível acreditar nesta jovem(?) de 60 anos? O projecto, que começou como um pretexto para evitar novos conflitos entre os países europeus e fugir à atracção das superpotências americana e soviética, e que depois se transformou no maior e mais complexo plano de

Architecture Trials: Joshua Florquin

Joshua Florquin is an Architect, graduated in 2008 from Sint-Lucas Architectuur, having spent an year on Erasmus in Roma Tre University as well. He moved to Paris afterwards, where he worked for a few architecture offices like Architecture Studio, Local Architecture Network – a young

Feminismo – uma filosofia?

“Porque estamos em 2015”, respondeu inequivocamente o primeiro-ministro canadiano Justin Trudeau quando questionado publicamente sobre o porquê de se considerar um feminista. Em condições semelhantes e desprovido de incertezas, também David Cameron, primeiro-ministro britânico, afirmou ser um feminista, se tal significa ser um defensor da

Somos tudo mas não somos nada

É impossível escapar ao turbilhão de informação que nos assola diariamente, repleto de relatos do mundo. Para além dos habituais meios de comunicação como jornais, rádio ou noticiários televisivos, também as redes sociais fazem questão de nos manter bem informados, pelo que nem os mais

Bento Jesus Caraça, o diplomata do conhecimento humano

Bento Caraça, nascido em Vila Viçosa no ano de 1901, é um dos mais proeminentes pensadores portugueses do século XX. De família de poucas posses, viu os seus estudos serem possibilitados graças à sua “protetora” D. Jerónima, proprietária da herdade na qual trabalhavam os pais.

Tradição – Um legado que reflete o contexto sociopolítico

‘Quem canta, seus males espanta’. O adágio é secular e a actividade a que concerne remonta aos primórdios da humanidade. O bucolismo do campo, mas sobretudo os homens e as mulheres que dele vivem, criaram as mais belas melodias que, hoje, residem na nossa memória

A imortalidade virtual

A única verdade que nos acompanha desde a nascença é a realidade de que algum dia iremos morrer. No entanto, a consciência da própria mortalidade paralisa os seres humanos, levando-os a reprimir este lembrete sobre a efemeridade da vida. A repressão do medo de morrer,

O Despertar da Consciência

Esta semana vi finalmente o filme Interstellar, o que me deixou de novo bastante pensativo em relação aos assuntos das singularidades espaço-temporais, constantes cósmicas e do destino fatal da humanidade. Rapidamente me debrucei sobre questões irrespondíveis como o sentido da vida, o infinito, a hipotética

A Avareza

“ O estado foi inventado para os supérfluos. (…) O Estado é o lugar onde todos se intoxicam, bons e maus; onde todos se perdem, bons e maus; onde o lento suicídio de todos se chama “vida”. Olhai para estes supérfluos! Roubam as obras dos inventores